Domingo
Escola Dominical: 9:00h
Culto Matutino: 10:30h
Culto Público: 18:30h


Segunda-feira
Tarde de Libertação: 14:00h


Terça-feira
Culto de Ensino: 19:30h


Quarta-feira
Oração e Jejum: 9:00h


Quinta-feira
Culto da Vitória: 19:30h


Sábado
Oração e Jejum: 8:00h

Você está aquiUma força para os filhos

Uma força para os filhos


"Educa a criança no caminho em que deve andar; e até  quando envelhecer não se desviará dele" (Provérbios 22:6).

Um determinado estudo revelou que  quando  a  mãe  e  o  pai frequentam regularmente as reuniões da igreja, 72 por  cento dos seus filhos permanecem firmes diante de Deus.  Se  só  o pai frequenta regularmente as reuniões,  55  por  cento  dos filhos permanecem  fiéis.  Se  apenas  a  mãe  frequenta  as reuniões, somente 15 por  cento  dos  filhos  permanecem  na igreja. Se nem a mãe e nem o pai frequentam regularmente  os serviços  da  igreja,  só  6  por  cento   permanecem.    As estatísticas falam por si mesmas. O exemplo dos pais é  mais importante do que  todos  os  esforços  da  Escola  Bíblica. (Warren Mueller)

Por onde estão caminhando os nossos filhos? O que  eles  têm feito? Quais são os seus propósitos? Estão eles colocados no altar do Senhor, gozando de Sua proteção e Suas bênçãos?

Muitas vezes nos angustiamos  pelo  fato  de  nossos  filhos estarem caminhando  longe  do  Senhor.  Às  vezes  os  vemos envolvidos com más companhias e vícios. Pedimos a  Deus  que os liberte, que os faça reencontrar o caminho  da  salvação, que os transforme completamente, que lhes devolva a  alegria de viver. E, o que mais nos entristece, é  saber  que  somos responsáveis, em grande  parte,  pela  situação  em  que  se encontram.

Quando  podíamos  estar  conduzindo-os  para    a    igreja, preocupávamos com outras  prioridades.  Quando  eles  pediam para que os levássemos à Escola  Bíblica,  inventávamos  uma desculpa  qualquer  para  não  irmos.  Quando  pediam   para participar de alguma programação interessante, dizíamos  que aquilo era bobagem e que havia  coisa  mais  interessante  a fazer.

Eles  foram  esfriando,  desanimando,  esquecendo...    Eles cresceram e tomaram novos rumos. Queremos levá-los agora  ao culto, mas eles não querem mais.

Se os nossos filhos estão indo às reuniões  da  igreja,  não podemos deixar de acompanhá-los. É a coisa  mais  importante de nossa vida. É a nossa maior prioridade. Nós lhes  daremos o testemunho, os ajudaremos a crescer na fé e  a  força  que irão adquirir nesse período os conduzirá,  para  sempre,  na presença do Senhor dos  senhores,  o  nosso  Salvador  Jesus Cristo.

Retirado de Ministério para Refletir

Tags